Sexo e Coronavírus (COVID-19)

Sexo e Coronavírus (COVID-19)

COVID-19 é a nova doença que pode acometer seus pulmões e vias aéreas. É causada pelo vírus coronavírus. O COVID-19 é altamente contagioso e, portanto, tem tido um drástico efeito no nosso dia a dia.

 

Para ajudar na prevenção do coronavírus toda a população está sendo orientado a  para maiores informacoes clique hse.ie.

 

Embora não haja evidência de que o COVID-19 possa ser sexualmente transmitido, ele pode ser passado por contato próximo com indivíduos portadores do vírus.

 

Lembre-se: lavagem adequada das mãos, higiene respiratória e distância física são ainda mais importantes, uma vez que as restrições do coronavíus estão sendo amenizadas. Não ignore ou demore a procurar assistência médica se você apresentar sintomas. Ligue para o seu ‘GP’ ou serviços disponíveis para uma consulta gratuita. Você será encaminhado para teste de COVID-19, se necessário. A consulta e o teste para o coronavírus são gratuitos para irlandeses e não irlandeses que não estão registrados com um ‘GP’. Se você estiver se sentindo muito mal, ligue para 112 ou 999.

 

O sexo é parte fundamental de nossas vidas e reconhecido como uma parte importante para a saúde mental e física. Parar ou ajustar seus hábitos sexuais regulares pode ser difícil e problemático. As instruções a seguir foram criadas para ajudar você a fazer mudanças para reduzir os riscos de contrair COVID-19.

Quando evitar o sexo
  • Evite relações sexuais, principalmente beijo se você ou seu parceiro apresentarem sintomas de coronavírus, como por exemplo: febre, tosse, dificuldade respiratória, perda do olfato ou do paladar. Qualquer pessoa com algum sintoma de coronavírus deve se isolar e ligar para o médico imediatamente para fazer um teste de coronavírus.

 

  • Se você tiver sido identificado como contato próximo de alguém que testou positivo para o COVID-19, você terá que restringir seus movimentos por 14 dias após seu último contato com a pessoa que tem COVID-19 e será encaminhado para testagem, mesmo que você não apresente sintomas.

 

  • É muito importante ter um cuidado especial se você ou seu parceiro sexual tiverem alguma comorbidade, pois você terá mais chances de ficar doente se tiver coronavírus. Isso inclui doenças pulmonares, doença cardíaca, diabetes, câncer, obesidade, ou sistema imunológico frágil. Descubra mais em at-risk groups.
Reduzindo os riscos de coronavírus durante o sexo

Possivelmente, você não saberá se uma pessoa tem coronavírus. Ter relação sexual com uma outra pessoa envolve o risco de contrair o vírus. Você pode reduzir os riscos seguindo as recomendações abaixo:

 

  • Tenha relações sexuais apenas com uma pessoa que more sua casa;
  • Se decidir ter relações sexuais com uma pessoa que não more na sua casa, limite o número de pessoas, de preferência, apenas um parceiro sexual;
  • Lembre-se que manter relações sexuais com pessoas que não moram na sua casa pode colocar você e outras pessoas com risco de adquirir coronavírus;
  • Lave as mãos com água e sabão por pelo menos 20 segundos antes da relação sexual.

 

Aglomeração de qualquer tipo não é seguro nesse período de COVID-19. Contato próximo com muitas pessoas deve ser evitado. Mas, se você decidir se encontrar com muitas pessoas, aqui estão algumas dicas para reduzir os riscos de transmitir ou contrair COVID-19:

 

  • Limite o número de visitantes;
  • Vá com um parceiro sexual regular;
  • Escolha lugares espaçosos e bem ventilados;
  • Use máscara, evite beijos, evite tocar olhos, nariz e boca sem lavar suas mãos;
  • Leve sempre um álcool em gel;
  • Seja criativo com as posições sexuais e barreiras físicas, como ‘glory hole’, que permite contato sexual enquanto previne contato cara a cara;
  • Considere uma rapidinha sem cara a cara. Quanto mais tempo (mais de 15 minutos) você ficar em contato próximo, maiores serão as chances de transmitir ou contrair COVID-19.
  • É importante considerar evitar contato físico e cara a cara, principalmente se você tem o hábito de encontrar pessoas online, ou pegação, ou se você vive de sexo pago. Considere fazer sexo virtual, por mensagens ou salas de bate-papo. Não deixe de desinfetar o teclado ou a tela do seu celular se for de uso comum. Para dicas de sexo por mensagens, consulte https://spunout.ie/life/article/sexting 
Práticas sexuais seguras

Da mesma forma que é importante se prevenir do coronavírus, é também importante praticar sexo seguro e evitar ISTs  e HIV.

 

  • Use sempre camisinha. Camisinhas são a melhor proteção contra ISTs e são 98% eficazes quando usadas corretamente.
  • Use camisinhas Use camisinhase barreiras dentais para redução de contato com a saliva e fezes, principalmente durante sexo oral e anal.
  • Evite o contato da boca com o ânus, pois isso pode transmitir coronavírus.
  • Se você for fazer fisting ou usar brinquedinhos, lave suas mãos e o brinquedo com água e sabão for 20 segundos antes e depois. Use luva de fisting, se possível.
  • Use máscara. Durante a epidemia, é prática recomendada usar máscara cobrindo a boca e o nariz, pois isso serve como uma barreira extra de proteção durante o sexo. Respirações profundas e ofegantes podem ajudar na disseminação do vírus, e se você ou seu parceiro sexual tiverem COVID-19 e não souberem, a máscara poderá prevenir a transmissão.
  • PrEP (pre-exposicao profilatica) é uma medicação que pode ajudar na prevenção do HIV se você for HIV negativo e com risco substancial de adquirir HIV.
  • PEP (post exposicao profilatica) Se você tiver sido recentemente (menos de 72h) exposto ao vírus do HIV, o PEP é uma medicação que pode ajudar contra a infecção do HIV. O PEP está disponível nas clínicas de saúde sexual e no Departamento de Emergência.
Consentimento sexual
  • A atividade sexual deve ser feita apenas por adultos que consentirem com a prática, que gozam de capacidade legal para tomada de decisão.
  • A idade legal para prática sexual na Irlanda é de 17 anos de idade. O consentimento para a atividade sexual requer comunicação para garantir que você e seu parceiro se entendam e estejam de acordo sobre o ato sexual.
  • Mesmo que você concorde com a prática sexual, você tem o direito de mudar de ideia antes e durante a prática sexual.

 

Para maiores informações sobre consentimento, clique here.

 

 

 

Serviços de saúde sexual durante a pandemia de COVID-19

Serviços de IST

Muitas clínicas de saúde sexual estão operando com capacidade limitada, enquanto outras não estão funcionando devido ao COVID-19. Entre em contato com a sua clínica local ou seu ‘GP’ para averiguar se os testes estão sendo feitos. Para maiores informacoes sobre as restricoes.

Lembre-se:
  • Usar camisinhas corretamente y e toda vez que você fizer sexo reduz os riscos de ISTs;
  • Camisinhas, profilaxia pré-exposição (PrEP) e estar em tratamento para o HIV e mantendo a carga viral indetectável ajudam a previnir a transmissão do HIV.
  • A PEP continua disponível durante as restrições de serviços. Se você tiver tido alguma exposição ao HIV, é importante que você aja rápido (em até 72h). Entre em contato com o departamento de emergência mais próximo de você onde a PEP está disponível ou entre em contato com a sua clínica de saúde sexual. Esse contato deverá ser feito em até 72h após o contato sexual.

 

Não existe nenhuma evidência que comprove que pessoas tomando PrEP ou em tratamento para o HIV tenham proteção adicional contra a COVID-19.

Outros recursos

 

Essas informações foram adaptadas a partir das informações do site da HSE Sex e Coronavírus (COVID-19) e das orientações do NYC sexo seguro e Covid. Essa página foi atualizada pela última vez no dia 11 de Agosto 2020 e está sujeita a mudanças dependendo da evolução das restrições e evidências ligadas ao coronavírus.

SER TESTADO
PRECISO FALAR
BAIXAR ESTA SECÇÃO
VER FOLHETO
EMERGENCY EXIT